Home > DOCES E SALGADOS > EUA adiam aplicação de tarifa extra de 10% sobre "alguns produtos" importados da China

DOCES E SALGADOS

13/08/2019 16:10 por Redação

EUA adiam aplicação de tarifa extra de 10% sobre "alguns produtos" importados da China

Tarifa adicional de importação entra em vigor no dia 1º de setembro; para produtos eletrônicos, taxa foi adiada para 15 de dezembro

O governo dos Estados Unidos decidiu adiar até 15 de dezembro a aplicação de tarifas de 10% sobre aproximadamente US$ 300 bilhões em produtos chineses, incluindo laptops e celulares, que estavam previstas para entrar em vigor em 1º de setembro.

Segundo a Reuters, a ação do gabinete do Representante de Comércio dos EUA, nesta terça-feira, foi publicada minutos após o ministro do Comércio da China ter dito que o vice-premiê Liu He havia conversado por telefone com autoridades comerciais norte-americanas.

Outros produtos cujas tarifas serão adiadas incluem “computadores, consoles de videogames, certos brinquedos, monitores de computadores e alguns itens de vestuário e calçados”, diz a representação de Comércio em comunicado. Um grupo separado de produtos também será excluído, “com base em saúde, segurança, segurança nacional e outros fatores”, afirma a nota.

A lista de produtos que não serão afetados pelas tarifas até dezembro inclui ainda babás eletrônicas, carrinhos de bebê, micro-ondas, câmeras, campainhas, instrumentos musicais, potes para ketchup, fraldas, fogos de artifício, sacos de dormir, varas de pesca, rolos de pintura e alimentos.

O gabinete seguirá com a imposição das tarifas a partir de 1° de setembro para produtos como animais vivos, lácteos, skis, bolas de golfe, lentes de contato, motores de motocicletas, baterias de lítio, sopradores de neve e vários tipos de ferro.

'
Enviando