Home > DOCES E SALGADOS > Gastos militares somaram US$ 1,8 trilhão em todo o mundo em 2018

DOCES E SALGADOS

30/04/2019 08:39 por Redação

Gastos militares somaram US$ 1,8 trilhão em todo o mundo em 2018

EUA e China lideram de longe as despesas do setor; no Brasil os gastos chegaram a US$ 27,8 bilhões, alta de 5,1% sobre o ano anterior

Em 2018, as despesas militares cresceram pelo segundo ano consecutivo e atingiram seu nível mais alto em trinta anos, de acordo com relatório divulgado hoje pelo Instituto Internacional de Pesquisa pela Paz de Estocolmo (SIPRI).

O total das despesas militares mundiais subiu para US$ 1,82 trilhão no ano passado, um aumento de 2,6% sobre 2017. Esse valor corresponde a 2,1% do Produto Interno Bruto (PIB) global, ou US$ 239 por pessoa. Os maiores investimentos no setor foram feitos pelos Estados Unidos, China, Arábia Saudita, Índia e França. Juntos, eles responderam por 60% dos gastos militares globais em 2018.

EUA e China

Os gastos militares dos EUA cresceram - pela primeira vez desde 2010 - em 4,6%, chegando a US$ 649 bilhões em 2018. Os norte-americanos continuaram sendo, de longe, os maiores gastadores do mundo. A China, que aparece em seguida, aumentou seus gastos militares em 5,0%, para US$ 250 bilhões. Foi o 24º ano consecutivo de aumento nos gastos militares chineses. Seus gastos em 2018 foram quase 10 vezes mais altos do que em 1994 e representaram 14% dos gastos militares mundiais.

Brasil

Os gastos militares na América do Sul aumentaram 3,1% em 2018, principalmente devido ao aumento dos gastos brasileiros. O Brasil registrou a segunda alta consecutiva nas compras de armamentos, depois de vários anos. O país gastou a 5,1% a mais com armas em 2018, em relação a 2017, apesar de ter perdido uma posição no ranking, passando ao 12° lugar. O desembolso foi de US$ 27,8 bilhões (cerca de R$ 109,2 bilhões).

Os 20 países que lideraram os gastos militares em 2018:

01. Estados Unidos: US$ 649 bilhões
02. China: US$ 250 bilhões
03. Arábia Saudita: US$ 67,6 bilhões
04. Índia: US$ 66,5 bilhões
05. França: US$ 63,8 bilhões
06. Rússia: US$ 61,4 bilhões
07. Reino Unido: US$ 50,0 bilhões
08. Alemanha: US$ 49,5 bilhões
09. Japão: US$ 46,6 bilhões
10. Coreia do Sul: US$ 43,1 bilhões
11. Itália: US$ 27,8 bilhões
12. Brasil: US$ 27,8 bilhões
13. Austrália: US$ 26,7 bilhões
14. Canadá: US$ 21,6 bilhões
15. Turquia: US$ 19,0 bilhões
16. Espanha: US$ 18,2 bilhões
17. Israel: US$ 15,9 bilhões
18. Irã: US$ 13,2 bilhões
19. Polônia: US$ 11,6 bilhões
20. Paquistão: US$ 11,4 bilhões

Veja o estido completo aqui (em inglês).

'
Enviando