Home > DOCES E SALGADOS > Crise no Planalto: manifestantes nas ruas e PEC das Diretas no Senado

DOCES E SALGADOS

19/05/2017 07:52 por Redação

Crise no Planalto: manifestantes nas ruas e PEC das Diretas no Senado

Segundo agência francesa, novos protestos populares devem acontecer neste domingo; na terça, CCJ pode analisar proposta de emenda constitucional

Foram imediatas a reações nas ruas após a divulgação, pelo Supremo Tribunal Federal, do áudio da conversa entre o presidente Michel Temer e o dono da JBS, Joesley Batista, na noite desta quinta-feira, segundo relato da repórter Luciana Marques, correspondente da Rádio França Internacional em Brasília.

Houve manifestações em várias capitais do país, como São Paulo, Rio de Janeiro, Belém, Recife e Fortaleza. Em Brasília, protestos e buzinaços ocorreram em frente ao Palácio do Planalto. Os manifestantes também fizeram caminhada pela Esplanada dos Ministérios.

Neste domingo estão previstos novos protestos, convocados por centrais sindicais, partidos políticos de oposição e até pelo grupo “Vem Pra Rua”, conhecido dos tempos de manifestações a favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

A defesa das “Diretas Já” ganhou força e parlamentares falam na aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) para que ocorram eleições diretas, e não indiretas, quando o novo presidente é escolhido pelo Congresso Nacional.

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado deve analisar na próxima terça-feira (23) a PEC 67/2016, que prevê eleições diretas em caso de renúncia ou afastamento do presidente até o terceiro ano mandato. Hoje a Constituição prevê eleições indiretas. Também aumentou a pressão para que Tribunal Superior Eleitoral casse a chapa Dilma-Temer. O julgamento será retomado no dia 6 de junho.

Leia também: Após denúncias, oito pedidos de impeachment são apresentados no Congresso.

'
Enviando