Home > DOCES E SALGADOS > Brink's não poderá realizar aquisições no mercado de transporte de valores por três anos

DOCES E SALGADOS

19/02/2020 12:33 por Redação

Brink's não poderá realizar aquisições no mercado de transporte de valores por três anos

É a contrapartida do Cade pela aprovação da compra de ex-rival da região Centro-Oeste; objetivo é preservar a concorrência no setor

Em sessão realizada nesta quarta-feira (19), o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou a aquisição da Tecnoguarda (TecnoSeg), empresa de transporte de valores sediada em Goiânia que atua nos estados de Goiás e Mato Grosso, pela americana Brink’s.

A operação foi condicionada à celebração de Acordo em Controle de Concentração (ACC) que determina à Brink’s, entre outras obrigações, não comprar outras empresas que ofertem serviços de transporte de valores no Brasil pelos próximos três anos. Além disso, pelos dois anos seguintes, quaisquer novas aquisições deverão ser comunicadas ao Cade.

De acordo com o voto do conselheiro relator, Mauricio Oscar Bandeira Maia, o ato de concentração gera preocupações concorrenciais, principalmente no estado do Mato Grosso, no qual a Brink’s já possui expressiva atuação no mercado de transporte de valores. Para diminuir o risco de dano à concorrência, foi estipulado prazo maior, de cinco anos, para que a empresa possa realizar novas aquisições no estado.

A Brink's é uma multinacional norte-americana de segurança privada sediada em Richmond, no estado de Virginia, que opera em mais de 60 países e é líder no setor de transporte e de custódia de valores no Brasil.

'
Enviando