Home > ADVILLAGE > UE: empregadores não poderão mais verificar perfis de candidatos a emprego nas redes sociais

ADVILLAGE

17/07/2017 07:43 por Advillage

UE: empregadores não poderão mais verificar perfis de candidatos a emprego nas redes sociais

Estima-se que 60% dos recrutadores na Europa adotem essa prática; novas regras de proteção de dados entrarão em vigor no ano que vem

As autoridades europeias de proteção de dados estabeleceram novas regras que exigem que os empregadores emitam um aviso legal antes de verificar os perfis de mídia social dos candidatos a emprego.

Estima-se que 60% dos empregadores usem as redes sociais para “conhecer” potenciais candidatos antes de tomar decisões, de acordo com uma pesquisa que ouviu mais de 2 mil empregadores realizada pela CareerBuilder, uma empresa de recrutamento online.

A digitalização de dados de redes sociais através de terceiros não é permitida. Além disso, os empregadores são proibidos de compilar esses dados durante o recrutamento, a menos que seja "necessário e relevante" para o desempenho de postos de trabalho específicos.

A nova orientação veio complementar as leis de proteção de dados da União Europeia e tem como objetivo proteger informações individuais e compartilhamento de dados em redes sociais como Facebook, Twitter, Instagram, Snapchat e LinkedIn.

Os novos regulamentos de proteção de dados serão aplicados aos empregadores em toda a UE no próximo ano, segundo a agênciaa Xinhua. A violação das novas regras levará a uma multa de até 4% das vendas globais anuais das empresas europeias.

Siga-nos no Twitter

'
Enviando