Home > DOCES E SALGADOS > Após dois meses em queda, intenção de consumo das famílias subiu 1,2% em fevereiro

DOCES E SALGADOS

17/02/2020 11:37 por Redação

Após dois meses em queda, intenção de consumo das famílias subiu 1,2% em fevereiro

Segundo a CNC, perspectivas de consumo ficaram acima do nível de satisfação pela primeira vez desde março de 2019

Após dois meses em queda, o índice de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) subiu 1,2% em fevereiro, para 99,3 pontos, maior patamar desde abril de 2015. Também é o melhor resultado para um mês de fevereiro em cinco anos.

As perspectivas de consumo ficaram acima do nível de satisfação pela primeira vez desde março de 2019, com 100,3 pontos, de acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

O presidente da CNC, José Roberto Tadros, diz que o desempenho do índice neste mês aponta uma recuperação gradativa do consumo, ancorada em fatores econômicos, como a redução do desemprego e o aumento das contratações líquidas, além da taxa inflacionária baixa. “Os brasileiros estão mais confiantes com a atividade econômica em 2020, aumentando, assim, sua intenção de consumir tanto no curto quanto no longo prazo”, acredita.

O ICF de fevereiro/20:

CNC ICF
Regiões - o Sudeste registrou o maior crescimento (+2,3%), enquanto o Centro-Oeste obteve a maior retração (-0,7%). Na comparação anual, somente o Nordeste mostrou taxa negativa (-3,5%), ao passo que o Norte foi a região mais positiva (+5,5%). As famílias do Sul foram as mais confiantes (105,9 pontos), já as do Nordeste (94,9 pontos) foram as mais insatisfeitas.

CNC ICF
Confira o relatório da pesquisa aqui.

'
Enviando