Home > DOCES E SALGADOS > IGP-10 tem inflação de 0,61% em julho, acima da taxa de junho

DOCES E SALGADOS

16/07/2019 08:49 por Redação

IGP-10 tem inflação de 0,61% em julho, acima da taxa de junho

Aceleração foi puxada pelo custo da mão de obra na construção civil

O IGP-10 (Índice Geral de Preços calculado pela FGV entre o dia 11 de um mês até o dia 10 do mês seguinte) registrou variação de 0,61% em julho, acima da taxa de 0,49% verificada em junho. Em julho de 2018 a variação do IGP-10 foi de 0,93%.

Em 12 meses, o índice acumula variação de 6,23%. No ano, de 4,41%

Para o cálculo do IGP-10 foram comparados os preços coletados no período de 11 de junho a 10 de julho com os preços de 11 de maio a 10 de junho.

A principal aceleração do período foi anotada no INCC (construção civil), de 0,04% para 1,08%.

O IPA-10 (Índice de Preços ao Produtor Amplo) repetiu a variação de 0,72% verificada em junho.

Os Bens Finais subiram de -0,95% para 0,01%, enquanto o índice de Bens Intermediários desacelerou de 0,75% para -0,83%.

O índice de Matérias-Primas Brutas, por sua vez, acelerou de 2,67% para 3,34%. As principais contribuições de alta foram de minério de ferro (8,38% para 12,05%), milho em grão (-0,72% para 6,17%) e laranja (-21,62% para -9,33%).

O IPC-10 (Índice de Preços ao Consumidor) teve variação de 0,07% em julho, contra 0,02% em junho. Quatro das oito classes de despesa tiveram acréscimos, com destaque para Alimentação. A principal baixa foi observada em Transportes. O grupo Saúde repetiu a variação do mês anterior.

Em alta:

• Alimentação: -0,66% para 0,04%
• Comunicação: -0,36% para 0,02%
• Despesas Diversas: -0,31% para 0,00%
• Educação, Leitura e Recreação: 0,71% para 0,80%

Em baixa:

• Transportes: -0,05% para -0,64%
• Habitação: 0,37% para 0,20%
• Vestuário: 0,38% para 0,03%

Na mesma:

• Saúde e Cuidados Pessoais: repetiu a variação de 0,41% verificada em junho.

O INCC-10 (Índice Nacional da Construção Civil) avançou de 0,04%, em junho, para 1,08% em julho.

• Materiais, Equipamentos e Serviços: 0,07% para 0,06%
• Mão de Obra: 0,02% para 1,97%

'
Enviando