Home > DOCES E SALGADOS > Prefeito de Nova York anuncia pré-candidatura à Casa Branca em 2020

DOCES E SALGADOS

16/05/2019 10:00 por Redação

Prefeito de Nova York anuncia pré-candidatura à Casa Branca em 2020

Bill de Blasio, um democrata progressista, terá uma dura batalha para se destacar entre quase duas dúzias de aspirantes do partido

O prefeito da cidade de Nova York, Bill de Blasio, de 57 anos, um democrata progressista que critica com frequência o governo Trump, anunciou sua pré-candidatura à presidência nesta quinta-feira (16), depois de meses de especulações de que ele entraria em uma lista crescente de democratas dispostos a desafiar o presidente Donald Trump em 2020.

De Blasio publicou um vídeo anunciando sua pré-candidatura antes de participar do programa de TV “Good Morning America”, da ABC.

O prefeito, que não pode concorrer a um terceiro mandato de quatro anos em 2021, emergiu em 2013 como uma voz de destaque de uma ala de esquerda florescente que reformulou o Partido Democrata, mas desde então teve dificuldade em construir um perfil nacional. Segundo a Reuters, seu índice de aprovação encolheu depois de vários contratempos políticos.

Ele deve viajar a Iowa e Carolina do Sul neste final de semana para começar sua campanha. O democrata planeja enfatizar seu histórico de conquistas progressistas, como as escolas pré-jardim de infância universais, um salário mínimo de 15 dólares e licença médica remunerada — tudo em uma cidade de 8 milhões de habitantes, mais do que muitos estados norte-americanos.

Mas De Blasio enfrentará uma batalha dura para se destacar entre quase duas dúzias de concorrentes democratas, entre eles o ex-vice-presidente Joe Biden e ícones liberais como os senadores Elizabeth Warren, de Massachusetts, e Bernie Sanders, do Vermont.

Os nova-iorquinos não parecem muito entusiasmados com as aspirações presidenciais de De Blasio, diz a Reuters. Uma pesquisa da Universidade Quinnipiac, feita em abril, mostrou que mais de três quartos deles não acham que ele deveria cobiçar a Casa Branca. Sua popularidade foi abalada quando uma investigação federal revelou que ele sondou agências municipais em nome de doadores. . De Blasio negou qualquer má conduta, dizendo que sempre agiu de forma apropriada, e acabou absolvido.

O prefeito já criticou Trump duramente em temas como a mudança climática, a imigração e o policiamento. Na segunda-feira, ele fez uma coletiva de imprensa dentro da Trump Tower para pedir à Organização Trump que obedeça os padrões de emissões recém-aprovados em seus arranha-céus ou pagará multas significativas.

Leia: Prefeito de Nova York ameaça multar Trump Organization em US$ 2,1 milhões por poluição.

'
Enviando