Home > DOCES E SALGADOS > Viagens não precisam ser canceladas por causa do coronavírus, diz OMS

DOCES E SALGADOS

14/02/2020 10:17 por Redação

Viagens não precisam ser canceladas por causa do coronavírus, diz OMS

Especialista da agência ressalta, porém, que é importante levar em conta várias restrições impostas pelas companhias aéreas

O surto causado pelo novo coronavírus (Covid-19), que surgiu na China no final do ano passado, continua despertando muito interesse e dúvidas.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, o vírus é transmitido por contato direto, gotículas respiratórias de tosse ou espirro e pelo contato com superfícies contaminadas pelo vírus. A agência diz que ainda não se sabe o tempo de sobrevivência do vírus nas superfícies, mas que desinfetantes simples podem matá-lo.

A médica romena Carmen Dolea, chefe do Secretariado Internacional de Regulamentos em Saúde da OMS, afirma que é importante levar em conta várias restrições impostas pelas companhias aéreas.

Algumas perguntas e respostas preparadas pelo Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância):

Quais são os sintomas do novo coronavírus?
Os sintomas podem incluir febre, tosse e falta de ar. Em casos mais graves, a infecção pode causar pneumonia ou dificuldades respiratórias. Mais raramente, a doença pode ser fatal.

Como é possível evitar o risco de contaminação?
1. Lave as mãos com frequência usando água e sabão ou um gel à base de álcool
2. Cubra a boca e o nariz ao tossir ou espirrar
3. Evite contato próximo com qualquer pessoa que tenha sintomas de gripes ou resfriados
4. Vá ao médico se estiver com febre, tosse ou sentir dificuldade em respirar
5. Evite contato direto desprotegido com animais vivos e superfícies em contato com animais.

É preciso usar uma máscara médica?
O uso de uma máscara médica é recomendado para pessoas que estiveram com sintomas respiratórios, como tosse ou espirro, para proteger os outros. Se a pessoa não tiver nenhum sintoma, não há necessidade de usar uma máscara.

Se forem utilizadas, as máscaras devem ser descartadas adequadamente para garantir sua eficácia e evitar qualquer risco de transmissão. Mas a máscara não é suficiente para interromper as infecções, é preciso combiná-la com lavagem frequente das mãos, cobrir espirros e tosse e evitar o contato próximo com qualquer pessoa com sintomas de resfriado ou gripe, como tosse, espirro e febre. Apertos de mão, beijos no rosto, abraços e contato direto devem ser evitados.

Video - Neste vídeo da OMS, Carmen Dolea responde a questões como cancelamento de viagens, risco de contaminação nos aviões e quando a pessoa deve usar a máscara de proteção:

'
Enviando