Home > DOCES E SALGADOS > Clima econômico no mundo registra melhora entre janeiro e abril

DOCES E SALGADOS

10/05/2019 09:55 por Redação

Clima econômico no mundo registra melhora entre janeiro e abril

ICE cresceu nos EUA, Alemanha, Índia, França, União Europeia, China, Rússia e Reino Unido, e recuou no Brasil, África do Sul e Japão

Em sentido oposto ao da América Latina e ao resultado de janeiro deste ano, o Índice de Clima Econômico (ICE) do mundo melhorou em abril, liderado pelas expectativas e acompanhado de uma pequena piora na avaliação da situação atual. Os resultados do mês de abril confirmam uma tendência iniciada em abril de 2013 — o ICE da América Latina sempre abaixo do ICE do mundo — e que só foi interrompida no primeiro mês de 2019.

Após a piora do clima econômico entre outubro de 2018 e janeiro de 2019 na União Europeia, Estados Unidos, Japão, Alemanha, França e Reino Unido, houve recuperação do ICE em todos esses países, exceto no Japão. Segundo os especialistas consultados pelo Ifo, a recuperação do clima econômico é influenciada também pelo cenário mais favorável das expectativas, considerando um arrefecimento da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China e das perspectivas de que não haja aumento na taxa de juros do EUA nos próximos meses.

No caso dos BRICS, foi registrada melhora do clima econômico da Índia, Rússia e China, embora esses dois últimos países continuem numa zona de avaliação desfavorável. O pior ICE é o da África do Sul, que piora desde julho de 2018, seguido pelo Brasil, que após uma sequência de resultados negativos desde abril de 2018, registrou um momento positivo, em janeiro de 2019.

O Índice de Clima Econômico em países desenvolvidos e emergentes em abril 2019 (os números entre parênteses indicam a pontuação registrada em janeiro/19):

• EUA: 14,3 pontos em abril (-2,9 pontos em janeiro)
• Alemanha: 12,6 (11,5)
• Índia: 15,4 (10,4)
• França: -3,5 (-23,8)
• União Europeia: -9,1 (-13,0)
• China: -10,9 (-38,8)
• Rússia: -13,9 (-22,0)
Brasil: -21,0 (3,6)
• Japão: -27,5 (-18,9)
• Reino Unido: -41,0 (-46,7)
• África do Sul: -44,5 (-33,7)

Leia mais: Brasil lidera piora do clima econômico na América Latina.

'
Enviando