Home > ADVILLAGE > Unicef quer ação coordenada para prevenir assédio moral e intimidação na internet

ADVILLAGE

05/02/2019 08:03 por Advillage

Unicef quer ação coordenada para prevenir assédio moral e intimidação na internet

No Da da Internet Segura, agência adverte sobre os perigos da violência online e o cyberbullying

INTERNET SEGURA
No Dia da Internet Segura, celebrado nesta terça-feira (5) em todo o mundo, o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) adverte sobre os perigos da violência online, cyberbullying e assédio digital que ameaçam 70,6% dos jovens de 15 a 24 anos que utilizam a internet.

O apelo é feito na sequência de uma recente pesquisa que colheu 1 milhão de respostas, ao longo de cinco semanas, de jovens de mais de 160 países que opinaram sobre o que seus pais, professores e políticos poderiam fazer para tornar a internet mais segura. A “bondade” destacou-se como uma das sugestões mais poderosas para evitar o bullying e o cyberbullying.

A internet faz parte da vida dos jovens, independentemente do nível de renda. De acordo com a União Internacional de Telecomunicações (UIT), 94% dos jovens entre 15 e 24 anos nos países desenvolvidos estão online. Nos países em desenvolvimento este número ronda os 65%

O Unicef considera que esta proliferação online eleva os riscos. Dados da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura), a proporção de crianças e adolescentes afetados por cyberbullying nos países desenvolvidos varia entre os 5% e os 21%, “sendo que as meninas parecem mais propensas ao cyberbullying do que os meninos.” A agência lembra que o cyberbullying pode causar danos profundos, uma vez que pode atingir rapidamente um público amplo.

As vítimas de cyberbullying são mais propensas a usar álcool e drogas e tendem mais a desistir da escola do que outros estudantes, de acordo com a entidade. Eles também são mais propensos a ter notas baixas e a ter baixa autoestima e problemas de saúde. Em situações extremas, o cyberbullying pode levar ao suicídio.

Direitos digitais - No Dia da Internet Segura, o Unicef lembra que a bondade, tanto online como offline, “é uma responsabilidade que começa com cada um.” Em homenagem ao 30º aniversário da adoção da Convenção sobre os Direitos da Criança, o Unicef pede ainda urgência e cooperação renovadas para colocar os direitos das crianças na vanguarda dos esforços digitais.

Siga-nos no Twitter

'
Enviando