Home > DOCES E SALGADOS > Em meio à disputa pela Avianca, Azul deixa a Abear

DOCES E SALGADOS

02/05/2019 13:21 por Redação

Em meio à disputa pela Avianca, Azul deixa a Abear

Companhia diz que passará a cuidar diretamente seus interesses; representatividade da associação das empresas aéreas fica restrita à Gol e à LATAM

Descontente com os rumos que tomou a disputa pelo espólio da Avianca Brasil, a Azul anunciou nesta quarta-feira (1º) sua saída da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). Em comunicado, a companhia, uma das fundadoras da associação, criada em 2012, disse reconhecer as contribuições da entidade ao setor, mas “entende que a partir desse momento prefere representar seus interesses de forma direta”.

A Abear foi criada para cuidar dos interesses das principais aéreas brasileiras: Azul, Gol, LATAM e Avianca. O processo de recuperação judicial desta última acendeu o interesse das demais, principalmente pelos slots, que são as autorizações de pousos e decolagens nos aeroportos expedidas pela Anac.

Reportagem do Estadão lembra que a Azul foi a primeira a fazer uma oferta pela Avianca e, logo depois, viu as concorrentes entrarem na disputa, o que causou mal-estar e “algum desentendimento” entre as empresas. A ofensiva das duas maiores companhias aéreas foi interpretada como uma forma de barrar a expansão da Azul no lucrativo segmento da ponte aérea Congonhas/Santos Dumont.

Na nota em que anuncia o desligamento da Abear, o o presidente da Azul, John Rodgerson diz que “estamos animados com nosso futuro. Vamos seguir com nossos planos de desenvolver cada vez mais cidades, mercados e frota, estimulando o acesso ao transporte aéreo para que ainda mais brasileiros possam voar pelo Brasil e pelo mundo. Já somos um grupo com mais de 12 mil pessoas, temos o maior número de destinos e voos diários no País e temos um caminho de muito crescimento pela frente. Por isso, entendemos que nosso diálogo com a sociedade civil, autoridades, órgãos competentes e demais stakeholders deve ser feito diretamente pela companhia”.

Abear

Logo após o anúncio da Azul, a Abear divulgou nota:

“A Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) agradece a AZUL LINHAS AÉREAS, uma de suas fundadoras em 2012 e que agora anuncia sua saída, por ajudar no crescimento e consolidação da entidade no período em que a aviação comercial brasileira avançou como meio de transporte de massa conectando o país e promovendo o seu desenvolvimento social e econômico.

A ABEAR permanece firme na sua missão de promover um ambiente de cooperação empresarial, respeitando a competição e estimulando cada vez mais o hábito de voar, tendo a segurança como ponto primordial. Prosseguiremos atuando na defesa dos interesses do setor, em benefício dos passageiros e do país”.

'
Enviando